FLORÊNCIO (Capítulo XIII)

Na manhã seguinte, Crisélia estava fazendo o café e surpreendeu-se ao ver Tadeu retornando da praia. Após cumprimentar-nos e beijar o rosto de Crisélia, ele exclamou:

– A água estava uma delícia! Eu não sei como consegui ficar tanto tempo longe do mar. Eu vou subir e me aprontar para o café.

Comentei:

– Quem viu você ontem e o vê agora, só pode concluir que Cibele retornou. Como está ela?

Tadeu disse sorrindo:

– Ela está bem. Ela passou a noite na árvore de Crisélia.

Crisélia perguntou:

– Eliel ainda não sabe que ela voltou? Apronte-se logo e vá avisá-lo. Além disso, Tadeu, andando para lá e para cá desse jeito, você está sujando a cozinha toda com essa areia no chinelo!

Tadeu tinha aberto a geladeira para pegar uma jarra de suco de laranja. Despejando o suco no copo, ele pareceu ignorar a reclamação de Crisélia quando disse:

– Eliel está confuso porque suspeita que Cibele escolheria a mim se uma nova oportunidade lhe fosse apresentada. A verdade é que Cibele o ama e não saberia viver sem ele.

Ele se surpreendeu quando ouviu Crisélia comentar:

– Eu não tiro a razão de Eliel. Sabemos que não há nada entre você e Cibele além de amizade. Contudo, essa amizade assume proporções gigantescas quando os olhos de vocês se encontram. Por que vocês resistem tanto em admitir o que sentem?… Pelo que você disse, ele já deve tê-la libertado do compromisso. Não deixe a oportunidade escapar, Tadeu. Converse com Cibele e leve-a para bem longe daqui.

Tadeu não terminou de beber o suco. Enquanto esvaziava o copo na pia para poder lavá-lo, ele disse apenas:

– Fingirei que não ouvi.

FIM DO 13º CAPÍTULO DA PARTE 2 (FLORÊNCIO) DE “REALIDADE MÁGICA – LIVRO 2”.
Sisi Marques
27/10/2013

NO PRÓXIMO SEGMENTO, NÃO PERCA A CONTINUAÇÃO DA PARTE 2 (FLORÊNCIO) DE “REALIDADE MÁGICA – LIVRO 2”.

Grata,
Sisi Marques

Que os seus sonhos se realizem!

Sobre Sisi Marques

Sou apaixonada pelos personagens e pelas histórias que povoam a minha imaginação. Amo escrever, porque é através da escrita que consigo registrar os momentos maravilhosos que essas realidades mágicas me proporcionam.
Esta entrada foi publicada em FLORÊNCIO (LIVRO 2 - PARTE 2). Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>