DE VOLTA À DIMENSÃO DAS BRUXAS (Capítulo XXIX)

Minutos antes do jantar, Tadeu bateu à porta do quarto de Cibele para dizer:

– Sua mãe falou para você descer dentro de meia hora. Florêncio já está lá, dando palpites no jantar. Para punir-me por ficar ouvindo o que ela dizia a você, ela mandou que eu a acompanhasse a uma de suas reuniões.

Cibele perguntou:

– Eliel também irá?!

Tadeu, com o olhar fixo no rosto de Cibele, comentou:

– Ele foi embora. Disse que jamais poderia sujeitar-se a viver nesta dimensão.

Cibele, com lágrimas nos olhos, murmurou:

– Eu só posso contar com você. Perdoe-me por ter dito aquelas coisas horríveis. Eu sei que me zanguei à toa, porque Eliel não agiu de má fé. Infelizmente eu não poderei dizer isso a ele.

Num movimento quase imperceptível, Tadeu entregou um bilhete a Cibele e afastou-se. Ela trancou a porta do quarto e leu e releu várias vezes o bilhete de Eliel. Com o coração renovado pela esperança, ela repassava em sua mente as palavras carinhosas e sentia-se tranquila, porque sabia que não estaria sozinha com Florêncio. Eliel recorreria à magia da invisibilidade para poder permanecer ao seu lado.

Quando Cibele desceu, Florêncio foi ao seu encontro para recebê-la. Ele perguntou:

– Tadeu contou-lhe sobre a partida de Eliel? Eu o superestimei… Imaginei que ele fosse ficar e lutar pelo seu amor, mas não foi o que aconteceu.

Durante o jantar, Cibele limitou-se a dizer o necessário. Seu olhar vasculhava o vazio na esperança de constatar a presença de Eliel. Sentia-se mal na companhia de Florêncio, e o seu coração ansiava pelo término de sua estadia naquela dimensão.

Após longos minutos de silêncio, ela ousou perguntar:

– Se eu me cansasse desse jogo de gato e rato e decidisse ir embora, o que você faria para me deter?…

Florêncio respondeu com a voz encharcada de ironia:

– Para detê-la, nada. Para convencê-la a voltar, eu traria para esta dimensão a sua amiga Clara.

Cibele levantou-se e expressou o seu desejo de se retirar. Florêncio disse:

– Sente-se. Por que a pressa se a noite está apenas começando?…

Cibele não mentiu quando afirmou:

– Eu me sinto indisposta.

Florêncio disse com a voz pausada:

– Vá, Cibele. Você tem a minha permissão para se retirar. Mas não se esqueça: amanhã eu virei para orientar Tadeu na preparação de uma refeição bem nutritiva. Você precisa se fortalecer durante a gravidez.

Cibele, afastando-se da mesa da sala de jantar, disse:

– Eu aprecio e agradeço a sua preocupação comigo e com o meu bebê.

Ela sentiu o coração estremecer quando Florêncio apressou-se em corrigi-la:

– O nosso bebê, Cibele. Agora que Eliel partiu e desistiu do seu amor, eu estou inclinado a assumir a paternidade do seu filho.

Cibele sofreu uma vertigem e teria caído se Eliel não a tivesse amparado. Ela subiu a escada sentindo o toque macio e quente da mão de Eliel segurando a sua. Enquanto eles atravessavam o corredor, ele colocou o braço ao redor de seus ombros e sussurrou:

– Não fale e não faça nenhum movimento que denuncie a minha presença, nem mesmo quando estivermos em seu quarto. Eu ficarei ao seu lado velando o seu sono. Amanhã, vá àquela árvore que me atraiu mais do que todas as outras, e você terá uma surpresa.

FIM DO 29º CAPÍTULO DA PARTE 4 (DE VOLTA À DIMENSÃO DAS BRUXAS) DE “REALIDADE MÁGICA – LIVRO 2”.

Sisi Marques
06/04/2014

NO PRÓXIMO SEGMENTO, NÃO PERCA A CONTINUAÇÃO DA PARTE 4 (DE VOLTA À DIMENSÃO DAS BRUXAS) DE “REALIDADE MÁGICA – LIVRO 2”.

Grata,

b carimbo 1

Que os seus sonhos se realizem!

Sobre Sisi Marques

Sou apaixonada pelos personagens e pelas histórias que povoam a minha imaginação. Amo escrever, porque é através da escrita que consigo registrar os momentos maravilhosos que essas realidades mágicas me proporcionam.
Esta entrada foi publicada em DE VOLTA À DIMENSÃO DAS BRUXAS (LIVRO 2 - PARTE 4). Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a DE VOLTA À DIMENSÃO DAS BRUXAS (Capítulo XXIX)

  1. Ketlyn Mayla disse:

    A história está muito boa. Parabéns. Sisi :-)

  2. Sisi Marques disse:

    Ketlyn, é muito bom saber que você continua acompanhando a minha história favorita.
    Obrigada pelo carinho. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>