Arquivo da categoria: O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 – PARTE 1)

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo XVI)

Enquanto Cibele dormia profundamente sob o efeito calmante do chá de Crisélia; Eliel almoçava na companhia de Lorena. Ele comentou: – A obsessão de Tadeu por Cibele já ultrapassou todos os limites. Eu não o quero mal. Poderíamos até ter … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo XV)

Quando Crisélia retornou uma hora depois, perguntei: – Por que demorou tanto? Aconteceu alguma coisa? Ela comentou: – Cibele chorava muito e pediu-me que lhe fizesse um chá. Agora ela está bem… Está dormindo na minha árvore. Onde está Tadeu? … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo XIV)

Enquanto Eliel visitava as dependências do castelo, conduzido por Lorena; Crisélia, em nossa casa, comentava: – Eliel e Cibele não vieram tomar café conosco. O que terá acontecido? Exclamei: – Pare de se preocupar! Você conhece aqueles dois… Eles vivem … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo XIII)

Enquanto Tadeu percorria o trajeto que o levaria à casa de Clara; Eliel, com um sorriso de enlevo, contemplava a mansidão dos dragões enquanto os acariciava. Todo o seu descontrole e sofrimento em relação a Cibele pareciam ter ficado para … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo XII)

Enquanto Cibele chorava na árvore de Eliel; Tadeu, sentado na praia, recostado à moto, dizia a Clara: – Eu prefiro terminar esse nosso relacionamento agora a fazê-la sofrer depois que estivéssemos casados. Você é adorável! Se não fosse esse meu … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo XI)

Naquela mesma noite, Cibele sonhou com Lorena. As duas passeavam no castelo, e Cibele confidenciou seu receio à amiga: – Hoje um pensamento terrível enregelou o meu coração. Tadeu e Eliel são tão parecidos física e moralmente… Talvez seja Eliel … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo X)

No dia seguinte, Cibele foi o centro das atenções. Nós não estávamos reunidos na minha casa; fomos todos convidados para jantar no casarão que passara a pertencer a Anabel e Afrânio. Foi ele quem perguntou esbanjando bom humor: – Gostaram … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo IX)

Enquanto Crisélia preparava o chá para levar a Cibele, Tadeu dizia: – Preciso ver Cibele. Crisélia disse: – Segundo Eliel, ela está muito perturbada e precisa repousar. Tadeu calou-se. Crisélia comentou: – Aquela moça já lhe telefonou pelo menos umas … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo VIII)

Quando Cibele despertou minutos depois, ainda tremia de medo e frio. Eliel estava sentado na beira da cama, e ela o abraçou ternamente. Ele perguntou: – O que houve?! Você estava gelada, e os seus olhos, antes do desmaio, exibiam … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário

O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (Capítulo VII)

Quando Cibele acordou e sentou-se à mesa para realizar a refeição matinal, a Feiticeira perguntou: – Gostou do presente que lhe dei ontem à noite? Permitir que você sonhasse com Eliel era o mínimo que eu poderia fazer para agradar-lhe. … Continue lendo

Publicado em O GUARDIÃO DO CORAÇÃO DAS FONTES DA JUVENTUDE (LIVRO 2 - PARTE 1) | Deixar um comentário